SC comemora recorde com 8 milhões de turistas e 45% a mais de voos

Santa Catarina teve uma das melhores temporadas dos últimos anos, conforme relatórios das secretarias Segurança Pública, do Turismo, Cultura e Esporte, Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), Santa Catarina Turismo (Santur) e Fundação do Meio Ambiente (Fatma). “Estamos registrando uma excelente temporada, que tem contribuído muito para a economia do nosso Estado. O turismo ajuda na manutenção e ampliação dos empregos, além de ser um vetor importante de atrativo de riqueza, de renda e de oportunidades. Santa Catarina, até nas receitas públicas, têm um indicador melhor do que a média brasileira, exatamente pela questão do turismo que hoje representa mais de 12% da nossa economia. ”, disse o governador Raimundo Colombo, ao participar junto com o vice Eduardo Pinho Moreira de uma reunião essa semana para divulgar um balanço da temporada.

De dezembro de 2015 a fevereiro de 2016, o Estado recebeu oito milhões de turistas, e a previsão é receber mais 1,5 milhão de pessoas até a Páscoa, incluindo catarinenses, estrangeiros e visitantes de outros estados do Brasil. O número de voos extras nacionais do Aeroporto Hercílio Luz teve um aumento de 45,8% em relação à temporada passada. De acordo com Valdir Walendowsky, presidente da Santur a temporada obteve o melhor resultado dos últimos 10 anos. “Tivemos pelo menos 1,5 milhão de argentinos e a partir de abril vamos iniciar uma série de ações de promoção junto ao mercado sul americano. Do mesmo modo que para a temporada de inverno vamos reforçar junto ao mercado nacional a Serra Catarinense com seus atrativos”, explicou.

A estimativa da ocupação hoteleira, de acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-SC), foi de 90% na Grande Florianópolis, 91% nas estâncias termais, 70% na Serra catarinense e 90% na Costa Verde e Mar (de Porto Belo a Luis Alves). O número de cruzeiros em Porto Belo foi de 27, e em Itajaí, 16. No Terminal Rita Maria, em Florianópolis, chegaram 13.531 ônibus entre 15 de dezembro e o início de fevereiro, sendo 3.384 no período do Carnaval. Durante a temporada, foram 450 ônibus extras, conforme o Deter. A Flecha Bus, maior empresa que opera linhas da Argentina para SC, contabilizou 20 ônibus diários em janeiro. Em fevereiro, a empresa está com 13 veículos diários. Na fronteira, em Dionísio Cerqueira, dados da Polícia Federal apontam que o registro de entrada de pessoas foi de 80.764 pessoas entre 1º de janeiro e 10 de fevereiro, ou seja, um crescimento de 62% em relação ao mesmo período de 2015.

“Essa foi a temporada mais positiva que Santa Catarina registrou nos últimos anos. Conseguimos divulgar ainda mais nosso estado, gastronomia e produtos. Com isso, todos ganham. Esse movimento se deve a dois fatores: a alta do dólar, que fez com que muitos brasileiros escolhessem destinos nacionais, e a ampla promoção do nosso estado no mercado nacional e América do Sul”, explicou o secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Filipe Mello. No PIB o estado registrou um crescimento de 3% com o turismo contra 1,1% da média nacional.

Fonte: Mercado e Eventos
Imagem: Fábio Fernandes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *